7 dicas para preparar seu filho para o Ensino Fundamental II

Postado em 12/11/2017

7 dicas para preparar seu filho para o Ensino Fundamental II

As fases escolares são cheias de novidades. Quando a criança é matriculada na educação infantil, além da alfabetização, aprende também a se socializar com as outras crianças e professoras.

Na época do ensino fundamental I começa a fase de maior responsabilidade, com iniciação às provas, trabalhos e notas. Após alguns anos vivenciando tudo isso, as crianças passam para o ensino fundamental II, um momento em que as responsabilidades aumentam ainda mais para esses pequenos alunos. Neste momento, o incentivo e apoio dos pais é parte importante para o sucesso.

  1. Desde o último ano no ensino fundamental I converse com seu filho sobre as responsabilidades que virão em sua nova fase escolar. Desta forma, ele vai aprendendo aos poucos sobre o que é esperado dele dali para frente.
  2. A escola normalmente prepara os alunos para essa nova fase. Incentive para que seu filho possa participar dos trabalhos em grupo e das reuniões, caso a escola as programe. Esteja atento a ele nesta fase.
  3. Na reunião de pais, questione a professora sobre as dificuldades que ele apresenta em sala de aula para que você possa ajudá-lo de maneira que ele se sinta mais seguro para avançar no ano seguinte.
  4. Se possível, peça a algum colega ou parente nesta mesma faixa etária que converse com ele sobre frequentar o ensino fundamental II. Peça que conte suas experiências em sala de aula, nas provas e trabalhos para que ele possa estar mais preparado. Uma conversa com alguém da mesma idade pode ser incentivadora para ele.
  5. Em algumas escolas, a coordenadora pedagógica ou a psicóloga, se solicitadas, podem conversar com os alunos a respeito da preparação que eles precisam ter para participarem dessa nova fase de estudos. Se sentir necessidade, não deixe de solicitar ajuda a elas.
  6. Mostre ao seu filho, quando iniciarem as aulas no ensino fundamental II, que estará lá para apoiá-lo sempre que for preciso. Questione ele nos primeiros dias de aula sobre seu dia na escola e sua percepção sobre esta nova época escolar. É importante que ele saiba que poderá contar com você quando precisar e se sentir à vontade para fazê-lo.
  7. Não o recrimine em suas dificuldades, elas são normais. Lembre-se, você já passou por isso um dia.

Os anos escolares são de suma importância para o futuro de seu filho. Acompanhe de perto sua evolução e esteja pronta e disposta a ajudar quantas vezes forem necessárias. O apoio familiar é fundamental para que ele siga adiante em seus estudos.

Outras Notícias

 

Dislexia: o que é, como identificar e tratar
Postado em 04/12/2017

Tem criança que aprende fácil, fácil, a ler. Outras demoram um pouco, mas acabam aprendendo também. Com outras o processo é bem mais difícil: são meninos e meninas atormentados pela dificuldade de entender letras e algarismos (o "b" vira ...
leia mais »

As férias proporcionam outras experiências de vida
Postado em 26/11/2017

É familiar a todos os jovens alunos ter que simultaneamente estudar para os testes, fazer os TPC’s e trabalhos de grupo, entre todas as restantes responsabilidades.

As crianças não têm tempo para viver a infância e brincar, sofrendo pressões...
leia mais »

Como ensinar seu filho a lidar com a frustração?
Postado em 19/11/2017

Perder no jogo, tirar notas baixas na escola, não ter o brinquedo que quer. Sentir-se frustrado não é exclusividade dos adultos: a decepção faz parte da vida das crianças e tem papel importante no desenvolvimento delas. Embora nenhum pai queira ver seu fi...
leia mais »